Visita dos alunos da Escola Jose Emilio à Câmara de Vereadores de Tupanatinga, organizada pelos professores, teve um caráter eminentemente educativo e pedagógico.

0
99

Em 30 de maio de 2024, o Portal Giro Social B publicou uma matéria que gerou controvérsias e reclamações relacionadas a uma atividade realizada pelos professores Marcos Brunhara e Isabel Cristina, da EREM José Emílio de Melo. Com o objetivo de esclarecer os fatos e garantir a transparência, apresentamos os seguintes pontos:

A visita dos alunos à Câmara de Vereadores de Tupanatinga, organizada pelos professores, teve um caráter eminentemente educativo e pedagógico. Durante essa visita, o servidor Mariano F. Britto, esposo da professora, ministrou uma palestra sobre as origens do poder legislativo, seu funcionamento e a relevância da tripartição de poderes. Esse conteúdo é essencial para a formação e o caráter dos alunos, esclarecendo o funcionamento dos poderes e sua importância como um dos pilares do Estado de Direito Democrático. É importante ressaltar que a matéria publicada parece desconhecer conceitos básicos sobre o assunto.

A controvérsia em torno dessa atividade parece ter sido amplificada pelo momento político atual, marcado por polarização. No entanto, é fundamental destacar que a visita dos alunos tinha um objetivo educativo claro, não sendo de natureza político-partidária ou eleitoreira. A distorção dos fatos com fins políticos prejudica a compreensão correta da intenção da atividade profissional dos professores, bem como a imagem da instituição de ensino e do poder legislativo, que atua em nome do povo.

A Câmara de Vereadores é um espaço público acessível a todas as vertentes políticas da cidade. Ela representa a casa do povo e, portanto, a visita dos alunos à sede do Poder Legislativo cumpre uma atividade educativa, de caráter curricular. Todos têm o direito de aprender sobre o funcionamento da instituição legislativa, que é um dos pilares da nossa democracia.

Agradeço a atenção do Portal Giro Social B e espero que este esclarecimento seja publicado na íntegra, incluindo o vídeo anexado, para garantir a veracidade e a justiça na informação.

Atenciosamente,

Mariano F. Britto

Com base na lei de imprensa, foi disponibilizado  o espaço com o direito de resposta para esclarecer esses pontos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here