Mãe que Matou Filha de 10 Meses Envenenada e Deixou o Corpo Dentro de um Freezer, Tem Prisão Decretada

0
110

A mulher que matou a própria bebê de 10 meses e manteve o corpo dela no freezer de casa por 30 dias teve a prisão em flagrante convertida em preventiva e ficará na cadeia.

Esse foi o resultado da audiência de custódia da frentista Simary Rayane da Silva, de 27 anos. A audiência foi realizada nesta quinta (23/05), em Jaboatão dos Guararapes, no Granded Recife, mesma cidade onde aconteceram os crimes.

Por nota, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) informou que ela vai responder por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

Após a audiência, comandada pelo juiz Renato Dibachti Inácio de Oliveira, Simary Rayane foi levada para a Colônia Penal Feminina do Recife, no Engenho do Meio, na Zona Oeste da cidade.

Simary Rayan  foi presa em flagrante pela Polícia Civil após matar a própria filha, Sophia Rayane da Silva, de 10 meses, e esconder o corpo em um freezer durante 30 dias.

O caso aconteceu na comunidade Dom Helder Câmara, em Candeias. A captura da frentista foi feita na quarta (23/05), depois de ela confessar que havia usado chumbinho, veneno para matar ratos com venda proibida.

Conforme as informações repassadas para a polícia, Simary foi questionada várias vezes sobre o paradeiro da bebê, já que não circulava mais com ela pelo bairro.

A mulher alegava que Sofia estava sob os cuidados da bisavó e chegou a criar um perfil falso no Whatsapp para se passar pela parente. Assim, ela conseguia enganar os moradores alegando que a bebê estava bem de saúde.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here