Logo

Luiz Gonzaga é oficialmente reconhecido como Herói Nacional pelo presidente Lula

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou, sem vetos, a Lei 14.793, que inclui o nome do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, no Livro de Heróis e Heroínas da Pátria. A promulgação da nova lei foi registrada no Diário Oficial da União na última segunda-feira (8). O músico pernambucano, conhecido por popularizar o baião, agora é oficialmente reconhecido como um dos maiores símbolos da cultura nacional.

A iniciativa para a criação da lei teve origem no projeto (PL 1.927/2019) do ex-senador Jarbas Vasconcelos. A proposta foi aprovada pela Comissão de Educação (CE) do Senado em agosto de 2019 e, posteriormente, também na Câmara dos Deputados, em 2023. Para o autor da proposta, Luiz Gonzaga desempenhou um papel fundamental ao difundir a cultura nordestina em todo o Brasil por meio do forró, do xote e do baião, conquistando reconhecimento em todas as regiões do país.

O ex-senador Jarbas Vasconcelos destacou a meritocracia da homenagem, afirmando que Luiz Gonzaga é um autêntico representante da cultura popular brasileira, além de ser um ilustre porta-voz do povo nordestino e incansável divulgador das dificuldades enfrentadas por essa comunidade.

O senador Styvenson Valentim (Podemos-RN), relator na comissão que analisou o projeto, emitiu um parecer favorável, considerando a proposição um ato nobre e um justo reconhecimento a Luiz Gonzaga, que dedicou sua vida à cultura brasileira.

Luiz Gonzaga do Nascimento nasceu em 1912, na cidade de Exu, Pernambuco. Desde cedo, aprendeu com seu pai, Januário José dos Santos, a tocar sanfona enquanto alternava sua vida entre o trabalho na roça e apresentações nos forrós da região.

Após ter sua história de amor proibido interrompida abruptamente, Gonzaga fugiu para o Ceará e ingressou no Exército, onde serviu como soldado por nove anos. Sua carreira começou a decolar no Rio de Janeiro, em 1941, após uma apresentação no programa de Ary Barroso, tocando a instrumental “Vira e Mexe”, que também se tornou sua primeira gravação. Desde então, Luiz Gonzaga deixou uma marca indelével na música brasileira, sendo reconhecido como o Rei do Baião. Agora, com a inclusão em Livro de Heróis e Heroínas da Pátria, seu legado recebe uma honraria ainda maior.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

PUBLICIDADE

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img