Seleção Brasileira tem atuação desastrosa, leva virada da Colômbia e perde 2ª seguida nas Eliminatórias

0
135

A renovada seleção brasileira de Fernando Diniz voltou a tropeçar nas Eliminatórias Sul-Americanas. O atacante Gabriel Martinelli, uma das caras novas em relação às convocações anteriores, fez o gol que garantia a vitória do Brasil. Garantia porque a seleção brasileira levou dois gols em um intervalo de quatro minutos e perdeu de virada para a Colômbia por 2 a 1 na noite desta quinta-feira.

Luis Díaz foi o personagem da partida. O atacante do Liverpool, que viveu um drama com seu pai em cativeiro por 12 dias depois de ter sido sequestrado pelo grupo guerrilheiro Exército de Libertação Nacional (ELN), marcou duas vezes de cabeça no segundo tempo e fez sua seleção conseguir algo até então inédito: ganhar do Brasil em um jogo de Eliminatórias.

Díaz fez surgir uma catarse em Barranquilla. Os colombianos comemoraram muito o triunfo sobre o Brasil, que sofreu sua segunda derrota seguida – outra marca negativa inédita – e o terceiro tropeço consecutivo no torneio qualificatório. A tão esperada reação terá de vir contra a arquirrival e atual campeã mundial Argentina, que perdeu para o Uruguai em Buenos Aires. O clássico será disputado no Maracanã, na próxima terça-feira, às 21h30.

O novo revés rebaixa o Brasil ao quinto lugar na tabela de classificação, com sete pontos, e pressiona o técnico Fernando Diniz, que foi campeão continental recentemente com o Fluminense, mas não tem sido feliz em sua leitura de jogo à frente da seleção pentacampeã. O treinador fez escolhas erradas, como tirar de campo Rodrygo, um dos poucos que se sobressaía em meio à péssima apresentação do conjunto brasileiro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here