RECIFE: Três homens são presos por suspeita do assassinato do juiz Paulo Torres

0
201

RECIFE: Um dos três homens presos por suspeita do assassinato do juiz Paulo Torres Pereira da Silva, de 69 anos, confessou a participação no crime e disse, também, que o magistrado reagiu a uma tentativa de roubo de carro segundo o Tribunal de Justiça de Pernambuco os suspeitos foram indiciados por latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

Os homens foram identificados pelo TJPE como Kauã Vinícius Alves da Rocha, Esdras Ferreira de Lima e Alcides da Silva Medeiros Júnior. Somente Kauã confessou o crime. Os três suspeitos foram presos em uma casa localizada no Cabo de Santo Agostinho. Há, ainda, dois homens foragidos.

Os presos em flagrante tiveram a prisão convertida em preventiva pelo juiz Renato Dibachti Inácio de Oliveira. Depois, foram encaminhados para o Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife.

Com os criminosos, foi encontrado um revólver utilizado no crime. De acordo com o homem que confessou, pouco tempo antes, os criminosos roubaram um carro em Pontezinha, Cabo de Santo Agostinho, também no Grande Recife. Depois, se dirigiram a Candeias, onde aconteceu a morte do juiz.

O trio cercou o carro do magistrado e dois dos criminosos entraram no veículo, dando ordem para que ele entregasse o carro. Entretanto, o juiz teria reagido e tentado dar ré, o que motivou um dos criminosos, de dentro do carro, a atirar na cabeça do magistrado.

A Polícia Civil também foi localizou o primeiro carro roubado pelo trio. O dono do veículo prestou depoimento.

Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here