Desprovidos de consciência, vândalos quebram e danificam bancos na principal praça do Povoado Amaro

0
764

BUIQUE: Esquecendo-se que, uma vez identificada a participação de pessoas causando danos ao patrimônio público, a pena é de 01 a 03 anos de reclusão. Detalhe importante, se tiver participação de menor de idade neste delito, a pena poderá chegar até quatro anos e meio de reclusão podendo o autor ressarcir aos cofres públicos os valores para sua reposição.

Esquecendo-se que o dinheiro gasto na reforma da principal praça do Povoado Amaro saíram dos cofres públicos do município, e que os jogos de mesas e banquinhos em mármores foram colocados para servir a população, desprovidos de consciência e agindo como animais irracionais vândalos quebraram e arrancaram 6 dos oitos assentos numa ação que foi presenciada por alguns dos moradores que residem em torno da praça.

Segundo informou um morador que não quer que seu nome seja divulgado, os primeiros atos de vandalismos na praça começou a dias atrás quando na calada da noite um grupo de jovens embriagados resolveram começar a quebrar os bancos da praça, não satisfeitos com as cenas de depredação, alguns dos moradores se encarregaram de levar os bancos para servir de suporte de plantas em suas residências.

Restando apenas três bancos que não foram arrancados ou quebrados naquela noite, na noite desta terça-feira 09 de Maio a cena se repetiu com mais um banco sendo quebrado por outro individuo completamente embriagado conforme registros feitos por um morador.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here