Logo

Liminar suspende perda de mais de 374 milhões para 63 municípios pernambucanos, entre eles Buíque que segundo ultimo senso teve diminuição em sua população

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Uma liminar emitida pela 6ª vara de Brasília, após ação coletiva promovida pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), suspendeu, nesta última quarta-feira (04), a decisão normativa do Tribunal de Contas da União (TCU) que aponta uma perda estimada em mais de R$ 374 milhões anuais para 63 cidades do Estado.

Os municípios teriam queda no coeficiente do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em 2023, considerando os dados preliminares divulgados no dia 28 de dezembro, pelo Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com informações colhidas entre 1º de Agosto até 25 de dezembro apontaram diminuição populacional nas cidades, entre elas Buíque no agreste do estado, o que acarretaria na queda de receita.

Além de Buíque, Tamandaré, Bodocó, Camaragibe, Toritama, Santa Cruz do Capibaribe, Igarassu, São Bento do Una, Carpina, Floresta, Ilha de Itamaracá e Lagoa Grande estão entre as 63 cidades afetadas.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

PUBLICIDADE

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img