Transtornado, homem invade lojas no comercio de Arcoverde, em seguida após ser conduzido morre dentro da delegacia

0
931

Morreu na delegacia  homem que invadiu lojas do comércio de Arcoverde na noite desta segunda-feira (26).
A polícia científica foi até a DP colher materiais biológicos no corpo do indivíduo e está investigando a causa da morte dele.
A suspeita é de que ele tenha morrido por overdose.
ENTENDA O CASO
O homem de identidade ainda desconhecida invadiu algumas lojas do comércio de Arcoverde – nas proximidades da Praça do Senadinho -, ameaçando pessoas e roubando produtos dos estabelecimentos comerciais.
Segundo nos informou uma das vítimas, o homem teria invadido cerca de três lojas e, quando estava indo em direção a mais um estabelecimento, a polícia chegou ao local e prendeu o indivíduo.
A vítima ouvida pelo Arcoverde Online relatou que, em uma das invasões, o homem entrou na loja e trancou a porta de vidro da entrada do estabelecimento.
“Ele chegou dizendo que tinha sido ameaçado de morte, transtornado, amedrontando todos que estavam lá”, relatou a vítima.
Na loja onde a vítima trabalha todas as funcionárias são mulheres e todas elas, assustadas com a invasão do homem, foram em direção a um compartimento onde ficam armazenados os produtos em estoque.
Ao entrarem no ambiente, o homem teria trancado a porta do local e impedido as funcionárias de saírem do lugar. Logo em seguida, ele teria ido em direção ao caixa da loja para roubar objetos e dinheiro.
A equipe do Arcoverde Online chegou ao local no momento em que a Polícia Militar estava fazendo a detenção do homem. Ele estava agitado e resistindo a abordagem policial.
Foi necessária a ação de cerca de cinco policiais para conter o indivíduo. Ele foi conduzido à delegacia ainda revolto (provavelmente pelo efeito das drogas), deitou ao chão e morreu no local.
Informações extraoficiais dão conta que o homem morto residia na cidade de São José do Exigo, no Sertão do Pajeú. A polícia já informou a família sobre o caso.
O corpo do homem deverá ser encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) em Caruaru.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here