Logo

Ato de comoção e homenagens a Rosa Farias na câmara de vereadores marca noite de quarta-feira

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

Com o plenário da Casa Jorge Domingos Ramos completamente tomado por professores e personalidades da sociedade buiquense, a vigésima quarta reunião da câmara municipal de Buíque que aconteceu no início da noite desta quarta-feira (30) começou pela aprovação do projeto de Lei de autoria da vereadora Maria Clara Brito Fonseca criando o Dia Municipal de Combate ao Feminiçidio “Rosa Farias, “numa justa homenagem a ex diretora e professora aposentada que foi morta na madrugada do último sábado passado.

Denominado de ato de comoção e homenagem póstuma, a reunião com os vereadores e vereadoras que contou com as presenças dos familiares e amigos da professora ocupando a primeira fila do plenário, também do delegado de polícia Drº Vicente Deossato que esteve acompanhado do comissário Plinio, também contou com a presença das secretárias municipais da mulher, Santina Teresa e da educação, Marilan Belizário.

Com a bancada formada por mulheres, com exceção de Felix Jose da Silva, atual presidente da casa, a cada discurso proferido pelas autoridades convidadas a fazer o uso da palavra a emoção com sede justiça era visível nos olhares cheios de lagrimas do público presente.

Em cada palavra de conforto, em cada gesto de solidariedade, soava como um grito de alerta para que a população não deixe de ficar atenta, e nos primeiros sinais de violência atentado contra as mulheres de forma sigilosa seja denunciado as autoridades competentes para que outras Rosas não sejam brutalmente arrancadas do jardim da vida de forma cruel assim como Rosa Farias foi.

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_imgspot_img

PUBLICIDADE

spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img
spot_imgspot_img